Editorial - dezembro 2013

Versão de impressão

SÍNODO SOBRE A FAMÍLIA

Em 2014 decorrerá em Roma a III Assembleia Extraordinária do Sínodo dos Bispos intitulado «Os Desafios Pastorais Sobre a Família no Contexto da Evangelização». O Papa Francisco remeteu às Paroquias do mundo, através das Conferencias Episcopais um documento para preparação deste evento que contém 38 perguntas, abordando as temáticas relacionadas com a vivência familiar nos dias de hoje.

Verdade seja dita que sempre que se realiza um Sínodo existem documentos de preparação do mesmo, com pedidos de relatórios e inquéritos sobre a temática em análise. Normalmente essa documentação não é divulgada de forma generalizada aos fiéis e muito menos à população em geral.

Desta vez, e por vontade expressa do Papa Francisco, é preciso que os fiéis se pronunciem em grande número tendo para isso responsabilizado as Conferências Episcopais de promover o trabalho de recolha de opinião dos Cristãos.

Como refere a Comissão Justiça e Paz da Diocese de Setúbal «Louva-se a iniciativa pelo sinal inequívoco dado pelo nosso Papa de querer ouvir o «Povo de Deus» que verdadeiramente deve ser a origem de um diálogo aberto e permanente da Igreja com um Mundo que tem evoluído com rapidez – nem sempre percorrendo os melhores caminhos – é um sinal da tentativa de abertura da «fortaleza» que foi criada pela Igreja ao longo dos últimos tempos numa «hipotética» defesa das agressões do meio ambiente».

Só se espera que em todas as Dioceses de Portugal se faça um esforço sério e honesto para que todos se possam pronunciar sobre os temas deste documento e que essas conclusões cheguem ao lugar certo, na hora certa. Só assim como se lê no comunicado da CDJP «os Bispos do Sínodo extraordinário estarão bem informados das situações reais, dos problemas candentes e dos sofrimentos de muitos».

2013, dezembro

 A Direcção

Categoria: