Editorial - abril de 2013

Versão de impressão

A Vida no Centro de Tudo

Os cristãos acabam de celebrar em todo o mundo o acontecimento central da sua fé: a ressurreição de Jesus de Nazaré.

Este acontecimento, que introduz mudanças profundas na realidade, só pode ser minimamente entendido ousando um olhar que não se contente em ficar pela superfície. E quando isso acontece, tudo muda.

Foi assim que sucedeu com aquele primeiro grupo de discípulos. Não conseguiam perceber o que se estava a passar e, amedrontados, fecharam-se em casa, uns; partiram para as suas terras, outros. Mas quando experimentaram a presença do Ressuscitado, tudo mudou e a sua vida adquiriu novos e impensáveis contornos.

O momento histórico que estamos a viver também exige um olhar mais profundo. Se ficarmos pela superfície, certamente seremos esmagados pelo desânimo e pela angústia. Mas se ousarmos esse outro olhar, aqueles que somos crentes poderemos, tal com outrora e como sempre, fazer a experiência de que Ele continua vivo. E, então, tudo poderá mesmo começar a ser diferente.

Verdadeiramente a história precisa da dinâmica da ressurreição que coloca a vida - a vida digna, a vida plena - no centro de tudo.

abril 2013

Forum Abel Varzim

A Direção

Categoria: