Uma nova esperança para a HUMANIDADE

ACORDO NUCLEAR c/ O IRÃO
Uma nova esperança para a HUMANIDADE

O Mundo tomou conhecimento, ao fim de dez anos, de que o «ENTENDIMENTO» entre diversas potencias "P5+1" (Estados Unidos, Reino Unido, França, China, Rússia, Alemanha, e ainda a União Europeia) e o Irão, há muito desejado por todos os AMANTES da PAZ, estará finalmente em vias de se concretizar, carecendo no entanto da aprovação dos parlamentos de diversos países.

Os meios de comunicação portugueses, divulgaram a notícia, mas nunca é demais conhecer os detalhes, por isso o FAV divulga aqui alguns aspetos do projeto de Acordo. Peçamos a Deus e façamos votos para que os «Falcões» deste mundo, quer dos EUA, quer do Irão quer de Israel, não tenham força para impedir a concretização do ACORDO.
Entretanto o conselho de Segurança da ONU, aprovou já os termos do Acordo.
VER:

  • Comunicação do Presidente Barack Obama:

Hoje, depois de dois anos de negociações, os Estados Unidos - em conjunto com os nossos parceiros internacionais - conseguiram o que em décadas de animosidade não conseguiu: Um acordo abrangente, de longo prazo, verificável, que vai obstar a que o Irão produza uma arma nuclear.
Este acordo mostra a mudança real e significativa que a liderança e diplomacia americanas podem trazer - uma mudança que torna o nosso país e o mundo mais seguro e protegido. Negociamos a partir de uma posição de força e princípio - e o resultado é um acordo nuclear que elimina o caminho para uma arma nuclear. 
Devido a este acordo, o Irão deixará de ter capacidade para produzir urânio ultra enriquecido ou plutónio para armas, matérias-primas necessárias para construir uma bomba. E porquê? Com este acordo, o Irão irá reduzir a sua reserva de urânio enriquecido em 98 por cento, remover dois terços das centrifugadoras que tem instaladas - máquinas necessárias para produzir urânio altamente enriquecido - e armazená-las sob permanente supervisão internacional.

Para compreender-mos o alcance deste acordo precisamos de estar cientes , de que, o Irão tem atualmente uma reserva que lhe permitiria produzir até 10 armas nucleares. Agora, o seu arsenal de urânio vai ser reduzido ...
Ler mais