«ABEL VARZIM RETRATO VIVO do EVANGELHO»

«ABEL VARZIM RETRATO VIVO do EVANGELHO»

COMEMORAÇÕES do 50.º ANIVERSÁRIO da MORTE do PADRE ABEL VARZIM
Celebrações Nacionais
«CERIMÓNIAS de ENCERRAMENTO»

16 de novembro de 2014
CRISTELO / Barcelos

Promovidas por:
CENTRO SOCIAL CULTURAL e RECREATIVO ABEL VARZIM,/ FORUM ABEL VARZIM - Desenvolvimento e Solidariedade /LOC/MTC - MOVIMENTO de TRABALHADORES CRISTÃOS

Em 16 de novembro de 2014, em Cristelo (Barcelos), tiveram lugar as cerimónias de encerramento das Comemorações do Cinquenta Anos da Morte do Padre Abel Varzim. Os atos de comemoração iniciaram-se com a celebração da Eucaristia presidida por D. Manuel Martins, Bispo Emérito de Setúbal, e concelebrada com o pároco local, Padre Adélio de Matos.

A Missa animada pelo grupo coral local, foi transmitida pela Rádio Renascença, emissora que o Padre Abel Varzim ajudou a criar, colaborando com Monsenhor Lopes da Cruz de quem foi grande amigo.

Na homilia D. Manuel Martins, comentando os textos da liturgia, referiu-se várias vezes ao testemunho e à acção do Padre Abel Varzim, apontando-o como exemplo para todos os cristãos. No final da celebração teve lugar uma romagem ao Cemitério local, onde foi colocado um ramo de flores na campa do Padre Abel, depois de uma oração proferida por D. Manuel Martins e acompanhada, com emoção, pelos numerosos presentes.

Concluído este acto, teve lugar um almoço, nas instalações do Centro Social Cultural e Recreativo Abel Varzim (CSCRAV).

Cerca das 14:30 horas, nas instalações do «Centro de Acolhimento Temporário», anexo ao CSCRAV, teve lugar uma Conferência/Debate subordinada ao tema «ABEL VARZIM RETRATO VIVO do EVANGELHO», na qual participou mais de uma centena de pessoas. Estiveram também presentes a Prof. Maria da Paz em representação da Vereadora da Educação e Cultura, da Camara Municipal de Barcelos, o Presidente da Junta de Freguesia de Cristelo, Sr. Manuel Isaque Ferreira, e ainda o Dr. Victor Pinho, diretor da Biblioteca Municipal de Barcelos.

D. Manuel Martins (Bispo Emérito de Setúbal), proferiu uma Conferência em que procurou caracterizar a personalidade, o pensamento e a acção do Padre Abel Varzim, e as implicações que teria hoje na Igreja e na Sociedade portuguesa. Depois da Conferência, seguiram-se intervenções dos membros da organização das jornadas, ao que se seguiu um debate aberto a todos os participantes.

Ler: